quinta-feira, 7 de agosto de 2008

A força de vencer!


A foto é minha e chamei-lhe na Galeria onde a adicionei a vida e o tempo, mas é a minha homenagem a Ana Paula Amorim uma mulher que lutou e conseguiu vencer o cancro e relatou neste livro que me ofereceu, uma pequena (grande) parte da sua vida, e a sua força de viver.
No fim do livro diz estas palavras:
" - De futuro, serei como uma árvore que se transforma em estacas que não dobram; Ao cair da folha levantar-me-ei, pois tenho muita vontade de viver; Serei como os frutos, só morrerei quando a seiva acabar; Serei como o Sol na Primavera, que me fará feliz. Olhá-lo-ei e pedir-lhe-ei que nunca mais me deixe morrer; Serei como as sementes das árvores que voam sem destino e darei as minhas risadas mais abertas que nunca; Serei como uma árvore que resiste à tempestade, mesmo que as folhas voem; assim serei eu, com altos e baixos, .... porque trago comigo uma enorme vontade de viver... e viverei!"
Teria muito que transcrever do livro, porque é uma história real de uma mulher que teve a coragem de escrever o que passou e que ilustrou com fotografias que registaram essa parte da sua vida, que teve início em 21 de Dezembro de 2005, no dia em que foi diagnosticado o cancro.
A todos os que sofrem desse mal ela pede que lutem, pode demorar algum "tempo", mas que nunca percam a vontade de viver.
Hino à Vida

"A vida é uma oportunidade, aproveite-a...
A vida é beleza, admire-a...
A vida é felicidade, deguste-a...
A vida é um sonho, torne-o realidade...
A vida é um desafio, enfrente-o...
A vida é um dever, cumpra-o...
A vida é um jogo, jogue-o...
A vida é preciosa, cuide dela...
A vida é uma riqueza, conserve-a...
A vida é amor, goze-o...
A vida é um mistério, descubra-o...
A vida é promessa, cumpra-a...
A vida é tristeza, supere-a...
A vida é um hino, cante-o...
A vida é uma luta, aceite-a...
A vida é aventura, arrisque-a...
A vida é alegria, mereça-a...
A vida é vida, defenda-a..."
Madre Teresa de Calcutá

2 comentários:

Sophiamar disse...

É a primeira vez que por aqui passo e gostei muito deste post. Uma lição de vida dada por uma mulher de força. Que Deus a proteja. Sempre.

Beijinhos

Bom fim de semana!

Teresa Calcao disse...

Usando as palavras da Ana Paula "Serei como os frutos, só morrerei quando a seiva acabar".....isso mesmo, lutar sempre ate ao fim....e aprender a gostar de viver....muito!!!!!!!!!
Beijinho doce