quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

O PORTO É A PÁTRIA DAS CAMÉLIAS





A planta camélia, de origem asiática, entrou em Portugal no início do século XIX, através da cidade do Porto. Trata-se de uma planta com presença abundante nos jardins públicos e privados da cidade e um dos traços mais característicos da fisionomia urbana do Porto.
Em 1890, o escritor francês Georges de Saint-Victor (em “Souvenirs et Impressions de Voyage”) escreveu a mais bela das designações para esta cidade :
"O Porto é a pátria das camélias"

Ofereço estas Camélias aos meus Tios e restante família, e à minha amiga Céci que residem em Gaia, com um beijinho muito especial.

13 comentários:

Marco Reis disse...

Olá Ana!
Vejo que tens andado de máquina em punho...
Gosto especialmente da última foto porque está muito bem enquadrada e tem uma composição urbana fantástica! Não conhecia o porto visto daqui (Gaia, penso eu)
Cumps
Marco

Compondo o olhar ... disse...

obrigada pela visita.

adorei seu blog, está lindissimo, parabens!!!

abraços

Agulheta disse...

Ana! Muito lindo a lembrança das camélias e a minha Cidade o Porto,o vídeo a condizer com as palavras.Quem vem e atravessa o rio!Junto à serra do pilar!vê o velho casario que se estende até ao mar...blá blá blá,é assim não é! Olha amiga não tenho jeito para cantar,só para ler poesia,essa fica na cabeça.
Beijinho e fica bem
Lisa

Jacqueline® disse...

Confirma-se, o Porto é a pátria da minha tia, tia Camélia :)

Obriga pela visita e volta sempre, que eu vou fazer o mesmo ;)

beijinhos

Helena Paixão disse...

As coisas que tu sabes. Não fazia a minima ideia deste facto histórico e da importância das camélias na cidade do Porto.

Quanta beleza, a das camélias e a da Invicta, e que bem captada pelo teu olhar!

Bjinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Na minha cidade os Poentes são de ouro
sobre o Douro e o mar
e só ela tem a luz do entardecer
a enfeitar o granito...
Na minha cidade, tal como em Lisboa
há gaivotas e maresia
mas não há cacilheiros no rio
há rabelos
transportando nectar e almas...
,
in-Maria Mamede
,
adorei o teu post
,
se te aprouver vê o meu
Post de 26-12-2008 . . .
,
conchinhas, deixo,
,

Kafia disse...

Fantastico!

Muito lindas as fotos Anita :)

José Rasquinho disse...

Bonitos registos destas camélias! Gosto em especial da última!
Sabes que, para além do Porto, há outro lugar onde as camélias são numerosas e de lindíssimas variedades? Pois é, em S. Miguel também existe o culto pelas camélias, e existem por lá jardins (como por ex. o "terra Nostra" onde têm raridades lindíssimas.
Bjinho.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ANA, TENS AQUI UM POSTAGEM FASCINANTE... OS REGISTOS ESTÃO TODOA MAGNÍFICOS... O QUE EU DESCONHECIA DO PORTO AMIGA... ADOREI!!!
UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Paula disse...

Ola Ana, estou aprender a mexer nos blogs e o teu está a servir de cobaia...eheheh...cusquei as tuas fotos,deixa me dizer te que são excelentes, está td bué de bem enquadrado. Gosto mto de arroz de pato...ups...quer dizer das fotos dos patos...eheheh!!!
:-> Bjks
Sardanisca

Persida disse...

Sou a artista de pintura Persida Silva gostei imenso deste video, fez-me pensar os meus velhos tempos quando estive aí no Porto...que saudades.
Receba abraços

Liar disse...

Olá Kida Guga,

Só agora me foi possível visitar os meus amigos e ver as novidades, e tu já tens muitas, começo por agradecer no teui blog o meu Porto mesmo sentido!

Obrigada pelo teu carinho e amizade.
Bjinho
Céci

lobices disse...

...é sempre bom ouvir o Rui cantar o Porto sentido
...obrigado pela visita e amáveis palavras
...um abraço