quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Sal o ouro branco da cidade de Aveiro


SAL O OURO BRANCO DA CIDADE DE AVEIRO


Estas imagens foram registadas no fim do dia 14 de Agosto, bem perto do centro da cidade.

Ao olhar a paisagem e a observar o trabalho executado pelos marnotos, lembrei-me do texto da minha amiga Cristina Fidalgo, que gosto muito:

Palavras Pintadas de Sal
Dos meus pés nascem as gretas acariciadas pelo sabor do sal das lágrimas que brotam da terra. Gemem baixinho no constante sulcar dos trilhos desse castelo branco que construo ao ritmo do correr das horas e da baixa das marés da minha alma...
Das minhas mãos cresce o cajado com que me agarro às águas decoradas de palmeiras e de reflexos de nuvens às quais dou o nome de amigas, porque a elas conto os degraus da minha vida sempre plana e sempre igual...
Dos meus lábios jorra a solidão de um hálito acre que seco nos pelos dos braços... e é lá, nos meus braços, que enterro as palavras de amor que um dia li num livro, cheio de desenhos que tive que inventar, e que gostaria de te dizer nas horas em que me deito ao teu lado e me cheiras a sabonete cor-de-rosa... Serias capaz de me ouvir sem me perguntares se o sal me fizera delirar? Serias capaz de acreditar que as arestas do meu coração têm menos sal que a minha vida?...
Dos meus olhos saem sonhos que crescem para além da imensidão quadriculada dos meus dias... sonhos brancos, porque o branco se instalou nas minhas íris, mas maiores que os desejos que me ensinaram a acreditar e maiores ainda que o alcance destes braços que empresto aos quadros que os pintores e os poetas me vêm roubar como se me entendessem e quisessem louvar...
Mas sabes... nunca pintor ou poeta algum conseguiu desenhar o abraço que gostava de te dar. Nem tu alguma vez sonhaste que eu, o teu marnoto, soubesse mais do que lidar com varrer das águas que nos chegam dos lados do mar...
Mas eu juro-te que eu também sei amar!
Cris (Paisagens que não sei pintar)












33 comentários:

Céci disse...

Olá Gugaguida Kida! ((*_~))

Este texto é lindooooo, as tuas fotos estão como pinturas que não sabes pintar, mas que fotografaste muito bem.

Adorei!!!!

Bjinho e Xi petadinho

Céci

FOTOS-SUSY disse...

OLA ANA,MARAVILHOSO TEXTO, BELISSIMAS FOTOS... ADOREI!!!
QUE TENAS BOA NOITE...
BEIJO DE CARINHO!!!

SUSY

Kafia disse...

Olá Ana!
Para ser sincera nunca tinha visto nada desse género. Não sabia que era assim tão interessante a extracção do sal!
Fantasticas fotos duma das actividades tradicionais do nosso belo país à beira mar!

Parabens!
Beijinhos
Ana Sofia

Cátia disse...

Ola Ana,

O texto da Cristina está fantástico, adorei! Nada como dizer que... "o sal que tempera a vida" :)

Gostei muito das fotos também, já tive uma pequena percepçao destas imagens quando estive aí... Mas da proxima vou tomar mais atençao.

Beijinho,
CA

.Lis disse...

Oi, Ana
Adorei conhecer mais um pouco desse tradicional trabalhador das salinas, o marnoto,parece que o trabalho é bem artesanal ,o que confere também inigualável qualidade, aí em Aveiro.
As fotos estao exceelentes , como voce sabe tão bem postar aqui pro seus amigos.Obrigada,adorei.
E o texto ,"Palavras..., é ótimo mesmo , uma pitadinha de sal é essencial na nossa vida, nao é?
Ah, gostei muito do vídeo do "primeiro dia da minha vida" ,com Melanie C (" ... vamos percorrer a escuridao..mas pelo menos eu ainda estou por perto.")
Amiga, boa é a sensaçao de estar por perto de pessoas queridas, mesmo sabendo-se tão distantes. Um abraço grandecarneura

.Lis disse...

... apenas um grande abraço ( rsrsrrs) de vez em quando esse teclado prega uma peça na gente. Aí, já foi, nao se limpa mais.
Abraços, abraços

Mariana Emídio disse...

Ana, minha querida, fiquei completamente fascinada com a beleza das imagens. E que belo texto! Só uma grande alma pode escrever assim. Quem é o(a) autor(a)? Agradecia que lhe desses os Parabéns, em meu nome. Para as fotos e para o texto vai a minha nota máxima!
ADOREI!!!
Bué de jinhos
Mariana

Helena Paixão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Helena Paixão disse...

Magnifica reportagem fotográfica! Depois de a apreciar fiquei com a sensação que já conheço todos os cantinhos das salinas.

Bjocas :-)

elvira carvalho disse...

Mais uma vez nos deixa uma história contada em imagens. E que bonitas imagens.
Um abraço

RETIRO do ÉDEN disse...

Amiga Ana,

És mesmo a Flor do Sal

Lindas fotos, cheias de beleza e pureza.

Bom fds. em Cristo Jesus.

Bjs.
Mer

ErmeCipry disse...

Já disse muita vez... imagens espetaculares! não aqui , não se aplica nada que eu consiga descrever! Belo... Magnânimo... excelente... é pouco!

Dom DIVINO!!! te doou o Criador minha Amiga!!

Beijos...

Anónimo disse...

olá boa tarde amiga Ana!
palavras para quê?
se as imagens e o texto falam, por si mesmo, como sempre dia a dia, sempre a nos encantar com tantas maravilhas, continuação com muita saúde for ai amiga Ana, bom final de semana bjs.
José Costa

Agulheta disse...

Ana.As palavras escritas se perdem nas lindas fotos deste exilibris de Aveiro,nas imagens tem tudo nelas,o suor a natureza,e para completar as palavras de alguém que escreve bem e com sensibilidade,adorei.
Beijinho bfs

Multiolhares disse...

As fotos já por si são uma pintura, e as Palavras completam esse deslumbrante quadro.
O sal parece algo sem muito interesse mas se nos lembrarmos que a comida sem sal fica sem sabor...
beijinhos

elsa nyny disse...

Olá Lindaaaaa!!!
Que lindas imagens e que palavras lindas!!!

Gostei muito de te conhecer, muito mesmo!

Beijinhos para ti e muita forçaaaaaaa!!!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ANA, MARAVILHOSA REPORTAGEM EM FOTOS AMIGA... BOM DOMINGO... ABRAÇO-TE COM TODO O MEU CARINHO,
FERNANDINHA

tossan® disse...

Oi Ana, Tu sabes bem selecionar lugares e fotos como ninguém. Parabens viu? Beijo

Céu Vieira disse...

Olá Ana Paula, como estás?
Espero que bem!...
Que fotos maravilhosas estas tuas das salinas!...Tu és fantástica, parabéns!... Nós já fomos 2 vezes lá para aqueles sítios vêr se fazíamos umas fotozitas, mas não ficaram nada de jeito, só 1 ou 2 ficaram melhorzitas, talvez não fosse a hora ideal para fotos...!
Estas tuas estão excelentes e com este texto lindíssimo adequado, está uma postagem fantástica!...
Parabéns às duas, à fotógrafa e à escritora.
Beijinhos para ambas também.
Bom fim de semana

Jorge Monteiro disse...

Olá Ana
Com estas fotos fiquei a conhecer as salinas em pormenor. Escolheu a hora certa para fotografar e captou as belas tonalidades do dia e do local.
Beijinhos meus e do Gonçalo.

Nadia Mendes disse...

Querida Ana,
lindas fotos acompanhadas de um belo texto!
Espero que esteja bem! Bjinhos e excelente semana, Nádia

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Ana,

Venho desejar-te uma excelente semana, na companhia do Senhor Jesus.

Não sei subscrever-me como me pedes, ainda nada disso sei fazer...desculpa pf.

Bjs.
Mer

Persida Silva disse...

Está lindíssimo o teu blog amiga Ana, gosto imenso, as fotografias esplêndidas como de costume parabéns minha querida. Agradeço pelas tuas mensagens deixadas no meu blog. Recebe um grande abraço meu.
Persida

Agulheta disse...

Querida amiga. A minha visita é só para deixar,um raio de sol e luz no teu caminho percorrido.
Beijinho de amizade.

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Ana,

O teu "tempero e carinho" estão a fazer falta lá pelo retirito.

Tem um excelente dia de sol, com o Senhor Jesus.
Bjs.
Mer

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Ana,

Como fiquei feliz por teres vindo ao nosso retirito e comentado, como só tu o sabes fazer.

Ainda bem que te sentes bem ao ler estes temas.
Sabes...tem sido S.Mónica e seu filho que têm pedido a JESUS por nós...por mim...por meu filho,neto e companheiro desta caminhada. Devo muito a estes amigos do Céu. Nestes últimos anos, já lá vão 9 anos...parece que as minhas orações não são ouvidas por DEUS nosso Pai. Mas também temos consciência de que estamos à prova de uma grande ou nenhuma FÉ. Só pode ser isso. Deus é Deus e ELE sabe o que faz e o que nos está a fazer....nossos amigos e familiares talvez consigam fortalecerem-se na FÉ ao verem (se quiserem e tiverem olhos para isso...) o grande Milagre que está a acontecer connosco. Conforme dizem que não sabem como tudo está de "pernas para o ar" sem razão "aparente"... mas só ELE sabe... porque caminhos e através de quem... nos mostra que tem que continuar a haver uma FÉ inabalável. Não estou a dizer com tudo isto que por vezes...os dias/anos, são intermináveis e desesperantes...mas logo, logo, a seguir vêm as leituras de Omraam, os exemplos de S.Mónica e tantos outros...e no fundo no fundo o sempre presente, JESUS, MARIA (Doce Coração de Maria) e JOSÉ enfim a Sagrada Família...porque todos deveríamos trabalharmos para isso mesmo...constituir uma Sagrada Família...nos nossos Lares, nas nossas Amizades, nos nossos locais de Trabalho. Com Fé, Amor,Confiança e Perseverança, a pouco e pouco se vai conseguindo subirmos até ELE.
Achei lindo o tema sobre "o Tempo",
sempre pensei daquela forma...e vim encontrar algo que condizia com o meu sentir sobre o TEMPO.
É o que está a acontecer connosco, para nós tem sido muito Tempo tudo o que nos está a acontecer, mas para ELE o TEMPO é medido de uma outra forma.

Quando estava activamente a trabalhar... vinham colegas de Madrid junto de mim, para o sistema instalado no meu computador andar 1 minuto ou minuto e meio mais depressa... nunca entendi, nem poderei entender... como se gastam (viagens, almoços, dormidas, desgaste humano,) para um sistema de computador ficar mais rápido (1 minuto ou meio minuto) e não querem estes (mal-governantes) que as empresas vão à falência... e depois em vez de se perderem estes pequenos
minutos...perdem-se postos de trabalho...saúde ...famílias...etc.
Sabes, tudo está em cadeia...tudo tem a ver com tudo...nós somos um todo...se cair um cabelo de nossa cabeça... JESUS saberá, aliás SABE.

Muitos beijinhos extensivos à tua Sagrada Família, façam por isso.

Mer

Dário Santos disse...

Um Belissimo Trabalho!! parabéns

.Lis disse...

OI,Ana
Estive aqui lendo poemas e textos seus do ano de 2008 e encontrei coisas preciosas.Inclusive pelo-lhe autorização pra vez ou outra postar um foto sua no meu blog, dando o crédito devido, claro! Vocé é otima fotografa , sabia? ainda nao li tud porque faço nas horas mais vagas, com prazer. Estou dorando voltar e ver postagens antigas suas,qdo eu nem por aqui estava. Um grande abraço, amiga!

FOTOS-SUSY disse...

OLA ANA, OBRIGADO PELA VISITA E PELAS BELAS PALAVRAS, QUE TENHAS UM FELIZ DIA AMIGA...
BEIJO DE CARINHO!!!

SUSY

Anónimo disse...

Pedaços de amizade . . . Eu penso que o tempo que passamos com cada amigo é o que torna cada amigo tão importante. As amizades constroiem-se aos pedacinhos. Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa. Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo, mas sim a qualidade de tempo que vivemos com cada pessoa. Cinco minutos podem ser mais importantes que um dia inteiro. Assim, há amizades feitas de risos e mágoas compartidos; outras da escola, outras de saídas, cinema e diversão; também há aquelas que nascem e não sabemos de quê ou porquê, mas sabemos que estão presentes. Talvez estas sejam feitas de silêncios compartidos, ou de mútua simpatia que não tem explicação. Hoje também há muitas amizades feitas só de e-mails, nossas “amizades virtuais” nos fazem rir, pensar, refletir... Aprendemos a apreciar as pessoas sem julgá-las pela sua aparência ou modo de ser, sem poder etiquetá-las (como as vezes fazemos inconscientemente). Há amizades profundas que nascem assim. Foi o tempo que passaste com a tua rosa que a tornou tão importante". Penso que o tempo que passamos com cada amigo é o que o torna tão importante. Porque o tempo “perdido” com amigos não existe é tempo ganho, aproveitado, vivido. São recordações para um momento ou para toda uma vida. Um amigo torna-se importante para nós e nós para ele, quando somos capazes, mesmo na sua ausência, de rir ou chorar, de estranhar ou querer estar perto de ele só para desfrutar de sua companhia. Podemos ter vários melhores amigos de diversas maneiras. O importante é saber aproveitar ao máximo cada minuto vivido e ter depois, nas nossas recordações, horas para passar com eles, mesmo que estejam longe. TU MESMO ÉS RESPONSÁVEL PELO QUE FAZES”. E APRENDE A FAZER AS COISAS BOAS...” O verdadeiro amigo é aquele que sabe tudo sobre ti e continua sendo teu amigo.

Persida Silva disse...

Amiga Ana, gostei muito de ver as fotografias que fisestes, é Aveiro aonde tu vives ? A cor do sal é bem branquinha. Parece-me bonito, gostaria de visitar um dia aí se Deus quizer. Envio-te beijinhos.
Tua amiga
Persida

Teresa Calcao disse...

Ola Amiguita,
Mais um cantinho bem "temperado" aqui da nossa cidade.....Good job!
Beijinho com cheirinho a maresia

A. Lourenço disse...

Olá Ana P.
Desejo de todo o coração que estejas bem, gosto muito de aqui entrar, cada vez que o faço encontro sempre coisas muito bonitas que aprendeste a captar através do quadradinho da tua maquina e que completas com aquela habilidade natural que sempre tiveste a escrever.
É muito bom ler estes imensos comentários das pessoas tuas amigas deste mundo da blogosfera, mundo esse que apareceu para revelar muitos talentos que ninguém imaginaria existirem...


beijinhos
A. Lourenço